quarta-feira, 7 de outubro de 2009

A corrida


Todos nos estamos na corrida. 1

Uns estão correndo em linha reta, e outros correm em circulos. Aqueles que estão correndo em linha reta , precisam prestar atenção para não desviar do propósito que eles esperam que a linha de chegada. Para esses ganharem a corrida e preciso muita determinação, disciplina e perseverança do que quer. Se você analizar bem o atletismo, o atleta precisa treinar muito para atingir o seu alvo, mais para isso acontecer, ele precisa saber das regras e dos limites da corrida, tudo isso requer disciplina. Agora, aqueles que correm em circulo, eles não vão chegar a lugar algum, eles estão correndo em torno de si mesmo, envolta dos problemas e frustações. Esses ainda não tem um alvo a alcançar, porque estão limitados a olhar para frente, só conseguem ver aquilo que interessa, que satisfaz o seu ego. Agora a pessoa que olha para frente ela sempre está apta a ver além, o futuro. Ela está segura do que está vendo em sua frente, esta sempre disposta de encarar a realidade das coisas em uma forma natural. Assim somos nós filhos do Senhor que desejam alcançar o nosso alvo, o autor e consumador da nossa fé, Jesus Cristo. Jesus não se cansou e nem desanimou do propósito.

Em Hebreus 12- Jesus nos chama de filhos, e também fala que nos disciplina em amor, a disciplina serve para o nosso próprio bem, quando ela e aplicada com amor, vai produzir frutos, talvez não veja os frutos de mediato, mais daqui a um tempo, eles virão aparecer frutos bons. Jesus é o Autor é consumador da nossa fé, isso quer dizer que os nossos olhos precisam está fixo na pessoa de Jesus, Ele desprezou a vergonha e suportou a opsição dos pecadores contra si mesmo, para que não cansemos e nem desanimamos.
Suportando as dificuldades, recebendo elas como disciplina, para crescimento nosso no Senhor. Todo filho desobediente precisa ser disciplinado e precisa ter limites.

A desobediencia tem a sua consequencia. Mais Deus e longanimo em amor para com os seus filhos, cheio de compaixão e misericórdia. Eu me lembro um dia quando o meu filho Daniel três anos de idade, bricando com outras crianças no parquinho do prédio onde moramos. Ele gostou da bola do amiguinho que era uma bola bem colorida. Ele correu e pegou a bola da mão do amiguinho sem pedir, foi motivo de choro e birras para os dois, porque o amiguinho não queriam emprestar o brinquedo predileto.Como foi dificil para mim ver o meu filho fazendo birras na minha frente e das mães que ali estavam com os seus filhos, literalmente segurei o Daniel bem firme com uma mão, e com a outra segurei a bola, e olhei dentro dos olhos dele, e falei firme com ele, que era para entregar a bola do amiguinho e pedir perdão do show que havia feito na frente do outros coleguinhas, porque aquilo foi muito feio.Por incrivel que pareça funcionou a firmeza que tinha mostrado, ele veio em direção do amiguinho entregar a bola. Porque ele sabia que se não fizesse o que eu havia mandado, ele iria ficar de disciplina ali mesmo no parquinho, sentado vendo os outros coleguinhas brincando.
Mais graças a Deus que não foi preciso aplicar a disciplina, porque ele havia entendido a mensagem que passei. Peguei ele em meus bracos , abraçei, consolei e depois eu falei que a mamãe fica triste quando o filho faz birra e desobedece. Ele olhou para mim ,e mim abraçou, expressando o sentimento dele " me perdoa mamãe ", abracei e falei, filho você é muito especial para mim, eu te amo muito, como foi gostoso ver que ele entendeu a mensagem que foi passada. Assim Deus faz conosco, quando reconhecemos que erramos, O Espirito Santo de Deus vem nos abraça,nos encouraja é nos consola com amor.
Proverbios 3: 11- Não despreze a disciplina do Senhor, e nem se magoe com a sua repreenção . Deus e modelo ideal para seguirmos, porque Ele é amor, e amam os seus filhos, e o pai que ama ele corrige. Então você esta disposto(a) de terminar a corrida ,pois então continua correndo ate a reta final, lá está o outor e consumador da nossa fé,Cristo Jesus, assentado a direita do pai torçendo e aplaudindo por sua chegada.

Nenhum comentário: